Mulher solteira e desprezada? Os homens agradecem…

 

Mulher solteira e desprezada? Os homens agradecem…

 

namorar-ou-ficar-solteira

Toda mulher solteira ou não adora aquele papo feminista: sou moderninha, independente, dou pra quem eu quiser e foda-se você.

A mulher moderna acaba criando uma casca, um sistema de auto-defesa tão forte que acaba assustando todos que chegam perto dela.

É o chamado “foco”. A mulher se foca no que busca, corre atrás. E com isso vai negligenciando um dos principais setores em sua vida: relacionamento amoroso. A mulher é carente por natureza. Todas necessitam de carinho, atenção, afeto, principamente quando elas estão sangrando pelas pernas…

No começo é bacana, bancar a “female fatal”. Desperta o interesse dos homens. Mas a mulher fica ali, irredutível. Até que ela começa perceber que o grupinho de “Spice Girls” dela está se desfazendo. Uma amiga casou, outra ta noiva, a outra ta namorando e a outra juntou com uma lésbica. Só sobrou ela. E agora? O que fazer? CHORA!

– Ah, vou pro cinema ver um filme sozinha. Mulheres modernas fazem isso!

Ok, vá ver seu filme. É entrar no cinema e ver 50 casais por m². E não adianta se afogar no balde de pipoca não. Murphy, conhecido por mim como o maior trollador da história de todos os tempos, disse um monte de palavrinhas bonitinhas que prefiro transcrever com um vocabulário menos rebuscado: você vai se fuder, sempre! Onde você buscar refúgio é onde vai estar o casa mais apaixonado, se beijando, abraçando, olhando pra você sozinha e rindo. O mundo vai se fechando, você começa a olhar desconfiada, você está começando a sentir algo batendo dentro do peito e… POOOOOW! A casca cai! O gelo derrete. O coração está de volta pulsando sangue. Você sente falta daquele cafuné, precisa receber carinhos urgentes. Aí entra a combinação perfeita de ingredientes para criar a vulnerabilidade máxima feminina: carência e desespero.

Nessa hora, parece que a mulher perde todo o seu charme, todo o seu mistério. É simples: quando ela olhava pro cima, todos os homens se interessavam, agora que ela está com a fisionomia mais aberta, distribuindo sorrisinhos, o encanto acabou. Todos os homens que queriam sair com ela, estão compromissados (tarde demais filha). Ela começa a ficar desesperada, sai, conhece pessoas novas. E nesse papo de conhecer pessoas novas, com todo este desespero que ela se encontra, vem a famosa Teoria do Dedo Podre: ela sempre vai pegar o pior possível. Mulheres, acreditem: sabemos quando vocês estão desesperadas. E sabendo disso, vocês vão atrair somente urubu. Pois é assim que vemos mulheres desesperadas, como uma carniça.

A fase geralmente é boa, na cabeça da mulher! Ela pega um pega dois, pega três. E fica pensando:

– Poxa, não encontro um cara bacana!

Lógico que não! Você só vai atrair merda. Presa fácil! Você é um cordeirinho na selva. É onde o cara feio se dá bem com as gatas. É onde o homem aplica toda a sua Arte de Enganar a Mulher. Até que a mulher se cansa disso e começa com o velho discurso:

– OS HOMENS SÃO TODOS IGUAIS, NÃO VALEM NADA!

Não culpe os bons homens pela sua incompetência. Você escolhe os maus achando que são os homens ideais para vocês. Os bons, vocês botam pra correr, sabem como? Fica com o cara por uma semana e já diz que ama, já fala em namoro, já chama de meu amor! Eu vou repetir de novo e entendam isso, mulheres: HOMEM NÃO DÁ VALOR EM MULHER FÁCIL!

– Ah, mas você não me conhece… Eu sou hot, querido!

Pode ser gata o tanto que for, não cola. A ideia é simples: você está andando na rua e acha R$50 no chão. O que você faz com eles? Balada!? Uma blusinha!? A questão é que você torra o dinheiro rapidão, pois você achou ele. Você não trabalhou por ele. Mulheres que não batalhamos por elas, a gente torra também. Simples assim!

Dica do Machinho de Respeito: Pare de bancar a moderninha e achar que é a fodona. Se aparecer oportunidade, esteja aberta a isso. Cada pisada que você dá em um homem que vale a pena, independente se você quer ficar sozinha ou não, você poderá estar pisando no cara que vai transformar a sua vida.

PS.: CAFAJESTE mandou lembranças…

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *