Homens são duas vezes mais propensos a morrer antes dos 60 do que as mulheres

 homem morto

Fumo, excesso de álcool, uso de drogas e comportamentos sexuais de risco tornam os homens duas vezes mais propensos que as mulheres a morrer antes dos 60 anos, de acordo com um estudo da União Europeia. O levantamento aponta 630 mil óbitos por ano de pessoas do sexo masculino em idade ativa, em comparação com 300 mil do feminino. Os dados são do jornal Daily Mail.

Em toda a Europa, 63% dos homens fumaram em algum momento da vida, contra 45% das mulheres. Estima-se que cerca de uma em cada sete mortes poderia ser atribuída ao hábito.

Eles também apresentam probabilidade maior que elas de abusar de bebidas e drogas. Em 23 dos 31 países, a taxa de mortalidade masculina por doença hepática crônica é pelo menos duas vezes maior que a feminina. Fora isso, 82% das overdoses de heroína acontecem em homens.

“Estilo de vida não é simplesmente o produto de escolha individual. Aqueles que estão em condições materiais e sociais pobres comem de maneira menos saudável, fazem menos exercício e são mais propensos a fumar ou usar drogas”, disse o autor Richard de Visser, da Universidade de Sussex, na Inglaterra, ao jornal. “Há uma crescente conscientização da necessidade de modificar os hábitos no início da vida entre os homens envolvidos em comportamentos prejudiciais à saúde.”

Cade igualdade dos sexos agora? Feministas acho que sumiram…

 

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *