FEMINISMO: Quando deixou de ser Luta por Igualdade e passou a ser Guerra dos Sexos

FEMINISMO: Quando deixou de ser Luta por Igualdade e passou a ser Guerra dos Sexos

 

FEMINISMO

 

Durante o séc. XIX foi criado um movimento social muito conhecido atualmente, muito polêmico para a época, uma época em que as pessoas tinham a mente mais, digamos assim, fechada para mudanças, socialmente falando. E muito polêmico para os dias de hoje, um tempo em que as pessoas dizem ter a mente mais aberta e dizem estarem aptas aos tempos atuais e as mudanças sociais que ocorrem todos os dias.

O FEMINISMO:

 

Com o passar do tempo, venho observando que algumas partes do Feminismo deixaram de lado o seu propósito/objetivo inicial, que era, em resumo, conseguir com que as mulheres fossem consideradas, perante a sociedade, um ser igual ao homem, com os mesmos direitos e deveres, direito ao estudo, ao voto, ao trabalho, entre outros. Veja bem: IGUAL, igualdade, “=”…

Man and Woman Being Weighed on Scales

feminismo

Porém nos dias de hoje, quando ouvimos a palavra Feminismo, ou quando conhecemos uma mulher que se auto intitula Feminista, logo nos vem à mente um movimento ou uma pessoa que se considera superior ao homem, e não semelhante, como é a ideia principal e também o objetivo inicial do movimento. Sendo assim, a ideia que temos de Feministas (ou Femimiministas, como são conhecidas em blogs de conteúdo humorístico) é que elas são mulheres brutas, “mal amadas”, que consideram o homem inferior as mulheres, que não precisa e ignora a presença masculina, vemos as Feministas muitas vezes como homossexuais (lésbicas), mulheres insensíveis, “mal comidas” e etc…

Eu poderia chegar aqui e dizer que toda essa visão é culpa de uma distorção de informações causada por uma sociedade hipócrita e sem visão, mas não. Não culpo a sociedade por isso, pois o Feminismo há tempos deixou de ser o nobre Movimento Social que luta por igualdade de direitos, passando a ser uma fútil e desnecessária “guerra dos sexos’, desperdiçando a real inteligência e a verdadeira capacidade de nossas mulheres.

igualdade de gêneros

As Feministas da década de 80 diziam que mulheres que agiam e pensavam dessa forma (com o homem sendo inferior) eram, na verdade, Sexistas e NÃO participavam do movimento Feminista. Porém, praticamente 30 anos depois desse “depoimento” será que os ideais, os objetivos e as ambições do movimento não se misturaram ao pensamento de algumas mulheres um pouco mais “radicais”, tornando as Feministas que vemos hoje, mulheres preconceituosas, que se sentem superiores e que sonham com um mundo sem homens? Sem um objetivo sério e próspero, com um pensamento e uma visão que não beneficia nenhuma mulher, não honrando a luta e o objetivo inicial do movimento?!

Afinal, lutar pelos seus direitos, tanto sociais quanto culturais, é uma coisa, agora, lutar pela extinção masculina, estimulando o ódio, e visando superioridade é outra…

 

“A hierarquia entre os sexos não é uma fatalidade biológica, e sim, uma construção social”
O Segundo Sexo – Simone de Beauvoir (1949)

 

FEMINISTAS: Se vierem mimimizar aqui neste post, apenas comprovam o que falamos acima. Do contrário, mulheres inteligentes, bem resolvidas, que quiserem bater um papo e trocar um ideia cabeça, o Cafajeste estará completamente aberto e disponível para tanto, da forma que sempre fez.

 

©2011 Cafajeste.net. All Rights Reserved.

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *