5 formas de saber se o homem vale a pena ou não

Aprenda 5 dicas pra saber se quele homem simpático e bonito que fez seu coração disparar pode se revelar uma cilada. O homem vale a pena ou não?

 

 

C

A primeira impressão na maioria das vezes engana.

Aquele homem simpático e bonito que fez seu coração disparar pode se revelar uma cilada. A escritora Lillian Glass, autora da obra Homens Tóxicos: 10 maneiras de identificar, gerir, e curar os homens que fazem sua vida miserável, ensina a identificar este tipo de homem.

WhenDoubtCreepsIn

Aqui algumas dicas do livro:

 

1. Ele pode ser um traidor:

Homens com histórico de traição, por vezes, deixam escapar indícios de que continuam a ser infiéis. Não conseguir olhar nos olhos, sorrir para outras mulheres enquanto você estiver falando ou ser muito vago sobre detalhes são sinais de que ele não é um bom parceiro.

 

2. Ele é inseguro:

Homens que encostam demais tendem a ser inseguros. Quando o parceiro não está confortável ou certo de que a relação vai bem ele começa a encostar nos braços, ombros, costas e mãos da parceira, pois na verdade ele gostaria de agarrá-la. Esse tipo de homem costuma olhar muito para baixo também.

 

3. Ele é controlador:

Quando o homem invade o espaço pessoal da mulher sem ser convidado é sinal de que gosta de manter o controle. Este tipo de homem tende a fazer grandes movimentos com o corpo.

 

4. Ele é egoísta:

Este tipo de homem caminha à frente da parceira e pensa que ela deve ficar com ele. Gestos como alisar o cabelo para trás muitas vezes, olhar muito fixamente para o seu reflexo no espelho atrás do bar também são sinais indicadores. Homens que dizem em excesso o pronome “eu” se colocam como o número 1 na lista de prioridades.

 

5. Ele pode ser ciumento:

O homem que olha muito para a parceira e faze um contato ocular muito intenso pode pensar que a mulher pertence a ele, como se fosse um objeto.

 

Pra saber se o homem vale a pena é fácil:

 

Só ser leitor do Cafajeste! Garantia de sucesso…

 

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *