Como fazer alguém ler uma corrente

 

chain

Quando eu tinha uns 13 ou 14 anos, eu sempre colocava – de propósito – um short sem cueca quando as amigas da minha irmã mais velha vinham aqui em casa. Então eu ia pro sofá e ficava com a perna levantada, só pra elas conseguirem ver o meu CAFAJESTE duro!

Eu ficava espiando com a visão lateral se elas estavam olhando, e uma delas a cada 10 segundos dava uma olhada, e a cada olhar, eu só ficava mais excitado. Mulher gosta é de putaria mesmo ! Mais do que a gente, e ninguém sabe… O pior disso tudo é que ninguém assume e quando alguém conta a verdade, todo mundo fica de mimimi… Enfim.

Essa menina era muito gostosinha, cara de safada, novinha toda puritana (aparentemente) e era bem amiga da minha irmã, então ficavam em casa até tarde. Uma vez, estávamos assistindo um filme todos juntos debaixo da coberta (tava congelando de frio). Óbvio que eu tava sem nada debaixo do short, né, então eu me posicionei – intencionalmente – de tal modo a encostar meu CAFAJESTE nas costas dela….

Então eu comecei a pensar nas coisas mais sexy pra falar pra uma mulher que um garoto dessa idade poderia pensar, e eu fui ficando cada vez mais duro e meu CAFAJESTE  foi subindo nas costas dela. Aí ela se afastou. Caramba, não tinha subido nem 1 cm (ainda). Eu me aproximei (de novo) e ela se mexeu (de novo). Puta que pariu, desencanei e fui ver o filme.

Depois de uns 15 minutos, ela virou seu corpo em direção ao meu e “acidentalmente” esbarrou sua mão no meu CAFAJESTE. Depois de um minuto, ela fez isso de novo. Na terceira vez, eu peguei a mão dela e coloquei dentro do short. Ela encostou, começou a me masturbar devagarzinho, no silencio da sala quieta do filme e, principalmente, escondido da minha irmã, mas depois de uns 30 segundos, ela tirou a mão rápido e levantou da cama, quase me descobrindo! Falou pra minha irmã que ia ao banheiro, e deu uma piscadinha pra mim quando ela não tava vendo…

“É agora ou nunca”, eu pensei, mas tinha que saber como lidar com ela. Perguntei pra minha irmã qual era o nome dela, que nem isso eu lembrava. Era Samara, tinha 14 anos (teria se estivesse viva), mas morreu aos 13 em Cascavel-PR. Ela andava de bicicleta quando não pode desviar de um arame farpado. O pior foi que o dono do lote não me ajudar, riu bastante dela após agonizar por 2 horas enroscada no arame. Através dessa mensagem eu peço que façam com que ela possa descansar em paz. Envie isso para 10 grupos ou então 20 pessoas para que a alma dela possa ser salva. Caso não repasse essa mensagem ela vai lhe visitar hoje a noite. Uma vez uma pessoa resolveu rir dessa mensagem,  depois ela sumiu sem deixar vestígios. Não quebre essa corrente por nada nesse mundo, a não ser que queira conhecer a Samara.

 

Achou que era zuera né?

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *