Como beijar pela primeira vez?

Como beijar pela primeira vez?
kiss 
 

Como beijar pela primeira vez? Como beijar quem você nunca viu?  Como beijar na boca? Como beijar de língua? Dúvidas normais de qualquer adolescente em suas épocas de descoberta… Aprenda como dar um beijo perfeito e os tipos de beijos existentes para na hora do vamos ver, você não passar vergonha!

Ninguém pode negar que uma das coisas que mais afligem os jovens é o primeiro beijo! Muitos deixam a oportunidade passar pois se sentem inseguros ou querem maiores informações sobre isso. Muitos jovens perguntam aos amigos, colegas e conhecidos. como dar o primeiro beijo e as suas experiências sobre o tal momento.
Não há uma formula sobre o beijo perfeito, mas podemos esclarecer algumas duvidas sobre o primeiro beijo e como beijar gostoso.

Antes de falar sobre qualquer técnica, qualquer comparação ou sobre alguma coisa sobre o beijo, temos que ter em mente algumas coisas que são fundamentais para que esse momento unico  e inesquecível, possa acontecer da forma mais natural e sem constrangimento para os jovens que estão iniciando nesse mundo tão obscuro e sem manuais.
Assim como uma casa precisa de um bom alicerce para sua edificação, um bom beijo precisa de seus fundamentos para que ele ocorra.

FUNDAMENTO:

:: Mal hálito ::  – O mau hálito (halitose) é a liberação de odores desagradáveis provenientes da boca ou da respiração. Na maioria das vezes o mau hálito não é um problema de saúde, mas sim uma alteração fisiológica que muda o odor do hálito. Estiva-se que mais de 30% da população brasileira sofra de forma crônica desse problema, porém ao acordar quase todos temos mau hálito. A halitose pode tornar-se um problema desagradável que dificulta as relações pessoais.

Quais são as causas do mau hálito?

Há mais de 50 causas possíveis para o mau hálito, ou halitose. O mau hálito pode ser conseqüência da alimentação, jejum prolongado, má higiene oral, baixo fluxo salivar. Alguns problemas de saúde como prisão de ventre, problemas renais ou hepáticos e diabetes podem acarretar o mau hálito. Outra causa é a saburra lingual, a qual é uma massa bacteriana que pode produzir odor ruim.
Como evitar o mau hálito?

Em primeiro lugar mantenha uma boa higiene bucal ao escovar seus dentes com freqüência, principalmente após as refeições. Também use fio dental entre os dentes, bocheche e gargareje para lavar a língua. Isso ajuda a evitar as bactérias que são a principal causa do mau hálito.

Outras providências são beber bastante água, ter dieta balanceada com alimentos fibrosos e evitar ficar muito tempo em jejum. Também evite o consumo em excesso de alimentos com odor carregado, como alho e cebola.

Há tratamento para o mau hálito?

Sim, se você sofre de mau hálito crônico há profissionais especializados que podem solucionar o problema. Procure informar-se com seu dentista que poderá lhe indicar uma clínica especializada no tratamento da halitose.

***

Pronto, esse é o fundamento de qualquer beijo, um hálito puro e agradável.

Eu sei, que até esse momento você deve estar totalmente bombardeado de informações (in)úteis sobre o primeiro beijo e isso é natural, sendo que nem tudo deve ser levado a sério e há algumas coisas que devem ser praticadas sim, mas não exatamente como muitos amigos, colegas e determinados sites estão falando por ai.

Praticar no espelho, na laranja, na mão e etc…
A pratica desses artifícios que simulam o beijo real não serve para te dar uma certa “experiência” na hora do beijo. Esses artifícios serve unicamente como fator psicológico e nada mais! Sendo que esses exercícios não devem ser usados para adquirir experiência e sim para proporcionar maior segurança na hora do beijo, que é de grande valia para que você simplesmente não congele enquanto você está sendo beijado, para te dar segurança e não passar vergonha e principalmente para que seja inesquecível e agradável para as ambas partes.

Nunca abra muito a boca e nem abra de menos; a quem usa aparelho, tome cuidado para não machucar quem você está beijando; não salive de mais para não babar!

 

CLASSIFIQUE ESSE POST: O que achou?

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *